♫ Escrevi seu nome na madeira… ♫

O assunto ainda é recompensas 🙂

Todas as pessoas que doaram para nossa campanha de financiamento terão seu nome impresso na parede do WikiLab. Pra sempre!

Para agilizar isso, nessa quarta-feira (12/7), o Sickeira, do ABC Makerspace, e o Yorik van Havre, arquiteto do Uncreated.net, foram ao Fab Lab Heliópolis e fizeram alguns testes de gravação de nomes.

Na imagem acima, é possível ver as gravações em painéis OSB (Oriented Strand Board, ou Tiras de Madeira Orientada) e MDF (Medium Density Fiberboard, ou Fibra de Média Densidade).

Os painéis de cima são OSB e os de baixo, MDF. À esquerda, as letras estão na fonte Sans Serif e, à direita, em Arial. Nos quatro casos, foram testados os tamanhos de 4 a 20.

Se você fez uma doação anônima, mas também quer ver seu nome gravado na parede, por favor, avise-nos até o dia 1º/8.

Recompensas a caminho

Todas as 937 pessoas que ajudaram com doações na campanha de financiamento para a construção do WikiLab receberão uma recompensa. Isso vale tanto para quem doou o valor mínimo, de R$ 20 (e receberá um e-book com o passo a passo do projeto + seu nome impresso na parede do WikiLab), como para aqueles que apoiaram com R$ 1000 (e ganharão duas vagas em 1 workshop, 5 oficinas e 7 cursos) — confira aqui todos os valores e as contrapartidas.

No momento, além de organizar o material necessário para montar o WikiLab, também estamos produzindo as recompensas. Aqueles que receberão camisetas ou cursos, por exemplo, deverão receber um e-mail nas próximas semanas. Fiquem ligados!

Mas, já que estamos aqui, vamos dar uma palinha. 😉 O Sickeira, membro do ABC Makerspace, parceiro do LabLivre e do Uncreated.net no projeto WikiLab, está trabalhando em uma das recompensas para quem doou R$ 250: uma miniatura do Laboratório.

Não é uma graça?

Esse protótipo foi desenvolvido a partir de miniatura do Thingiverse que o Yorik van Havre, arquiteto do Uncreated.net, adaptou para o projeto do WikiLab. Depois, foi a vez de o Sickeira por a mão na massa e documentar o processo em seu blog.

A segunda e a terceira versões foram produzidas no Fab Lab de Heliópolis, um espaço público à disposição dos makers e que conta com máquinas como esta:

Em breve, mais notícias sobre as recompensas!